segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Professor do ano - Uma iniciativa DN

Mas antes, é preciso escolher o Professor do Mês. 

 
- Quem pode candidatar-se?
Podem ser candidatos todos os professores do ensino básico e secundário, do 1.º ao 12.º ano, de escolas públicas e privadas, que estejam no ativo no início deste ano letivo. Mas há um pormenor importante: não são os professores a apresentar a candidatura, ou seja, não são advogados em causa própria. Tem de ser a comunidade educativa a indicar um professor que considera exemplar e inspirador, apresentando-o ao júri através de um projeto multimédia. A escolha pode ser de uma turma, de um grupo de alunos, dos colegas, da associação de pais e de todos os atores da comunidade (desde que se juntem pelos menos três). O candidato tem apenas de aceitar a nomeação.
- Como e para onde enviar a candidatura?
A candidatura, um projeto multimédia, pode ser enviada de diferentes formas: por e-mail, para o endereço oprofessordoano@dn.pt, devendo os ficheiros ser identificados com o nome do professor candidato e do mês a que diz respeito (ex: AntónioGonçalves_outubro); via WeTransfer, acedendo ao site www.wetransfer.com, devendo ser adicionados os ficheiros de candidatura, o endereço do destinatário (oprofessordoano@dn.pt), o endereço de origem e uma pequena mensagem com a assinatura, contacto telefónico e e-mail; via CTT, devendo o formulário e a apresentação multimédia constar em formato digital, gravados em pen, CD ou DVD, sendo enviados para: Iniciativa DN Professor do Ano - Diário de Notícias, Avenida da Liberdade, 266 - 1250-149, Lisboa.
- Que tipo de projeto multimédia pretendemos?
Falamos de um trabalho que combine vários meios para transmitir a mensagem e contar a história: texto e imagem, som e imagem - o limite é a imaginação - e com duração de três minutos. Ou seja: no caso de escolherem fazer um vídeo, este não pode ultrapassar os três minutos; se escolherem fazer uma apresentação em PowerPoint, devem apontar para este tempo de visualização; se incluírem depoimentos gravados em áudio, o produto também não poderá exceder, no total, o tempo recomendado.
- Prazos e validade da candidatura
Cada candidatura é mensal e válida para o mês a que concorre. O mesmo professor pode ser proposto tantas vezes quanto as desejadas, mas as candidaturas terão de ser novamente submetidas em todos os meses em que se pretenda concorrer. Um professor que seja escolhido para o prémio mensal fica automaticamente selecionado para a eleição final do DN Professor do Ano. Os proponentes devem enviar a candidatura no decorrer do mês imediatamente anterior ao qual concorre o professor. Por exemplo, a candidatura do professor do mês de novembro deverá ser validamente submetida entre os dias 1 e 31 de outubro.
- Que prémios recebem os melhores professores?
Todos os meses até ao final do ano letivo, o DN vai destacar um docente entre as várias candidaturas recebidas - o primeiro, de outubro, será anunciado em novembro. Esses professores vão receber um computador. Mas a ideia é também divulgar o seu bom trabalho, nas páginas do DN, em papel e na Internet. No final do ano letivo haverá um prémio surpresa para distinguir um dos melhores docentes escolhidos ao longo do ano. A comunidade educativa que o revelou também será beneficiada, através da oferta de equipamento informático. O parceiro do Diário de Notícias nesta iniciativa é a JP - Inspiring Knowledge.
- Quem seleciona os premiados?
As candidaturas serão analisadas por um júri, cuja composição será anunciada em breve, constituído por personalidades de reconhecido mérito com ligação ao ensino. Caberá a este júri selecionar o professor de cada mês. No final do ano, os melhores candidatos de cada mês serão comparados, chegando-se a um vencedor final. O júri escolherá, em cada um dos momentos descritos, aquele que considera o melhor professor e não a melhor apresentação recebida. Embora a apresentação seja importante, não esperamos, por exemplo, que crianças do 1.º ciclo que entendam candidatar o "seu" professor tenham o mesmo grau de sofisticação de um licenciado.
- Onde consultar o regulamento?
O regulamento integral poderá ser consultado através da Internet no site do jornal (www.dn.pt).

Fonte: http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=2801555&page=-1

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Voluntários da Leitura

Apresentamos hoje um projeto extremamente interessante no âmbito da promoção do livro e da leitura.

Este projeto tem por objetivo a constituição de uma equipa, a nível nacional, de voluntários que se disponibilizem para, após formação, dedicar algum tempo à leitura.



Paaso a transcrever mais algumas informações, constantes no portal deste projeto:


Missão
O projeto Voluntários de Leitura, criado em 2012 pelo CITI - FCSH- Universidade Nova de Lisboa e coordenado por Isabel Alçada, destina-se a potenciar o desenvolvimento de uma rede nacional de voluntariado na área da promoção da leitura.
Propõe-se lançar novas iniciativas e aprofundar os efeitos das que já existem, congregando em rede cidadãos e instituições e potenciando parcerias internacionais.
Conta com a participação da Fundação Calouste Gulbenkian, da Rede Aga Khan para o Desenvolvimento, do Montepio Geral e da Associação Pela Leitura e trabalha em articulação com o Plano Nacional de Leitura, a Rede de Bibliotecas Escolares e a Rede de Bibliotecas Públicas.
Objetivos centrais
Apoiar iniciativas de escolas, bibliotecas e outras organizações na captação e no enquadramento de voluntários de leitura.
Estimular a adesão de voluntários através de uma plataforma digital que facilite inscrições e funcione como instrumento congregador entre voluntários e profissionais.
Disponibilizar informação e apoio técnico e científico sobre o valor e a prática do voluntariado de leitura.
Assegurar recursos de formação a voluntários, bem como a responsáveis pela gestão de programas de voluntariado.
Realizar investigação sobre o impacto das ações de voluntariado no desenvolvimento da literacia e na consolidação dos hábitos de leitura de crianças e jovens.

Papel dos Voluntários de Leitura
Os voluntários de leitura são pessoas que disponibilizam generosamente algum do seu tempo para promover o prazer de ler. Podem ler em parceria com uma ou duas crianças, ler em voz alta para um grupo ou uma turma de crianças ou jovens, ou realizar outras actividades em escolas, bibliotecas ou outras instituições.
Trata-se de uma atividade agradável, acessível a qualquer pessoa, e com efeitos inestimáveis no desenvolvimento intelectual dos beneficiários.
Tornar-se voluntário de leitura é uma forma de envolvimento cívico que promove as potencialidades das novas gerações.
Em Portugal, o voluntariado de leitura está ainda numa fase inicial, mas as organizações que têm acolhido este tipo de intervenção são testemunhas dos efeitos positivos no desenvolvimento educativo e cultural dos beneficiários.

 

Juntos podemos pôr o país a ler mais e melhor!

Brochura Digital sobre o projeto

Grupo de Teatro do Agrupamento

 
 
 
Uma nova oferta da escola para os seus alunos, já com uma grande adesão!
 
Inscreve-te junto do professor de história ou na Biblioteca!

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Jorge Sampaio - Uma Biografia


Jorge Sampaio - Uma Biografia
 



  A Porto Editora e as Edições Nelson de Matos têm o prazer de convidar para o lançamento do livro Jorge Sampaio - Uma Biografia, de José Pedro Castanheira, que se realizará no dia 26 de outubro, pelas 19 horas, no auditório da Fundação Eng. António de Almeida, Rua Tenente Valadim, 325, Porto.

A apresentação estará a cargo da Dra. Manuela Melo e do escritor Mário Cláudio. 
Jorge Sampaio - Uma Biografia

Jorge Sampaio - Uma Biografia
Esta não é só a história de um homem especial. Através da biografia de Jorge Sampaio vai-se fazendo o retrato de uma geração que lutou contra a ditadura e ajudou a construir a democracia. É o relato do último meio século da vida política portuguesa.

O autor, José Pedro Castanheira, teve acesso ao vastíssimo arquivo particular do ex-presidente da República. E entrevistou uma centena e meia de pessoas, familiares e amigos, colegas de advocacia e companheiros das lidas políticas, mas também vozes críticas, opositores e adversários.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Morreu hoje Manuel António Pina


Hoje todo o mundo da literatura portuguesa está de luto. 



Morreu esta sexta-feira à tarde, no Porto, o escritor e jornalista Manuel António Pina. Galardoado em 2011 com o Prémio Camões, o mais importante da Língua Portuguesa, Manuel António Pina tem uma vasta obra de poesia e literatura infantil, sendo também autor de inúmeras peças de teatro e de livros de ficção e de crónica.
Manuel António Pina, jornalista, poeta e escritor tinha 68 anos, nasceu no Sabugal, licenciou-se em Direito pela Universidade de Coimbra. Vivia no Porto e foi jornalista do "Jornal de Notícias" durante três décadas, sendo repórter, redator, editor e chefe de Redação, mantendo até há poucos meses, na última página do JN, a crónica "Por outras palavras" e foi ainda cronista da "Notícias Magazine".



terça-feira, 16 de outubro de 2012

Dia Mundial da Alimentação - Na Escola


Na nossa escola, em comemoração desta data, foi criada uma Roda dos Alimentos constituída por alimentos verdadeiros, os quais foram recolhidos pelos alunos.

Já a visitaste na Bilbioteca?

Esta atividade ganhará também um pendor de consciência social, uma vez que, todos os alimentos recolhidos serão entregues a uma instituição local de solidariedade social. Desta forma, numa mesma atividade, engloba-se a comemoração do Dia Mundial da Alimentação com a do Dia Internacional para a Erradicação da Probreza.

Dia Mundial da Alimentação 2012 - no Mundo

O tema estabelecido pela FAO - organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura - para o Dia Mundial da Alimentação de 2012 é
“Cooperativas agrícolas - chave da alimentação do mundo”.


  

Trata-se de um chamamento aos países para a adoção de políticas, programas e ações voltadas para eliminar a fome no mundo e assegurar a segurança alimentar dos povos.

“As cooperativas estão presentes em todos os países e setores, incluindo agricultura, alimentação, finanças, saúde, comercialização, seguros e crédito”, informa um comunicado da FAO. “Estima-se que as cooperativas tenham um bilião de membros em todo o mundo, gerando mais de 100 milhões de empregos”.
“Na agricultura, silvicultura, pesca e pecuária, os seus membros participam em atividades de produção, partilha de riscos e lucros, poupança de custos e geração de rendimento, que lhes proporcionam maior poder de negociação na hora de vender ou comprar no mercado”, afirma a FAO.

De acordo com a organização, o Dia Mundial da Alimentação 2012 destaca as cooperativas agrícolas e sua contribuição para a redução da pobreza e da fome.

Pensa nisto, será que estás a dar o devido valor ao teu alimento? Tens desperdiçado muito?


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Concurso "Liga-te aos Outros"

 
Este concurso destina-se a todos os jovens a frequentar a escola a partir do 7º ano e consiste na apresentação de propostas para resolução, através de actividades de voluntariado, de problemas locais que os próprios detectem. A AMI seleccionará os três projectos mais consistentes e financiará os mesmos.

O “Liga-te aos Outros” é um claro estímulo ao exercício do voluntariado. Mas é mais: é um estímulo ao desenvolvimento de uma consciência social, desde a juventude, uma vez que promove a identificação de necessidades na comunidade local; é um estímulo à criatividade e pro-actividade social, uma vez que são os próprios jovens que apresentam a solução para o problema detectado; é um estímulo ao profissionalismo e ao rigor, uma vez que a ficha de candidatura constitui uma proposta de projecto rigorosa, com definição de objectivos gerais e específicos, resultados, actividades, orçamento, calendário de execução, critérios de viabilidade e sustentabilidade e impacto; é um estímulo ao envolvimento dos jovens na comunidade, uma vez que 10% do orçamento apresentado terá que ser conseguido pelos próprios jovens, junto de empresas, instituições e/ ou comércio local.

A AMI espera, desta forma, alterar realidades socialmente injustas e, simultaneamente, formar os jovens, no sentido de os alertar para a possibilidade que cada um tem de melhorar a comunidade que o rodeia.
 
 
Datas 3.ª Edição

Submissão de projectos | 1 de Outubro a 14 de Dezembro de 2012
Publicação dos resultados | 22 de Janeiro de 2013
Implementação dos projectos | 1 de Fevereiro a 31 de Maio de 2013
Sessão de apresentação dos resultados | 31 de Maio a 14 de Junho de 2013
 
Para esclarecimento de dúvidas: ligateaosoutros@ami.org.pt

Queres saber mais sobre o concurso?
Segue aqui para o site da AMI!

15 de outubro, nasce a escritora Agustina-Bessa Luís

 
A 15 de outubro, recorda-se Agustina-Bessa Luís, uma das escritoras portuguesas mais consagradas, com uma obra notável, inspirada pelo romantismo de Camilo Castelo Branco.
 
Agustina-Bessa Luís nasceu a 15 de outubro de 1922. Membro de uma família de raízes rurais de Entre Douro e Minho, desde muito jovem se apaixonou pelos livros, fascinada pela biblioteca do avô materno, de onde constavam obras dos melhores autores ingleses e franceses.
Viaja para o Porto em 1932, para prosseguir os estudos, mudando-se para Coimbra em 1945, onde residiu cinco anos. Regressa à cidade do Porto em 1950, onde fixa residência, corria o ano de 1950, dois anos depois de se estrear como romancista, com o livro ‘Mundo Fechado’.
Em 1954, publica ‘A Sibila’, que lhe permite conseguir o reconhecimento da crítica literária (hoje, este trabalho já atingiu a 25.ª edição). O romance atinge um sucesso imediato, graças à originalidade da escrita de Agustina-Bessa Luís, autora que se insere na corrente neo-romântica, influenciada pela obra de Camilo Castelo Branco.
Agustina-Bessa Luís escreveu ainda peças de teatro e guiões para televisão. Diversos romances foram adaptados para o cinema, pela mão do realizador Manoel de Oliveira, de quem é amiga.
A autora conjugou a atividade literária com diversas outras funções, ligadas à sociedade e às artes. Foi diretora do diário portuense O Primeiro de Janeiro e entre 1990 e 1993 diretora do Teatro Nacional de D. Maria II, em Lisboa.
Também fez parte da Alta Autoridade para a Comunicação Social e da Academie Européenne des Sciences, des Arts et des Lettres (Paris), da Academia Brasileira de Letras e da Academia das Ciências de Lisboa (Classe de Letras).
Agustina-Bessa Luís foi distinguida com a Ordem de Sant'Iago da Espada (1980), a Medalha de Honra da Cidade do Porto (1988) e o grau de Officier de l'Ordre des Arts et des Lettres atribuído pelo governo francês (1989).
Assinou mais de 50 obras, desde romances, contos, peças de teatro, crónicas de viagem, livros infantis e biografias. Com 81 anos, conquistou, em 2004, o prestigiado Prémio Camões, por “traduzir a criação de um universo romanesco de riqueza incomparável que é servido pelas suas excecionais qualidades de prosadora, assim contribuindo para o enriquecimento do património literário e cultural da língua comum”, de acordo com o júri. Hoje, assinala-se o aniversário de Agustina-Bessa Luís.
 
Joana Teles, in ptjornal

Encontros de Piano do Porto - Concerto por Maria José Souza Guedes, na Fundação Eng. António de Almeida



Ora aqui vai o convite para os Encontros de Piano do Porto - Concerto por Maria José Souza Guedes, na Fundação Eng. António de Almeida, a realizar no próximo dia 18.10.2012, pelas 21h30.

Contacto para reservas 226067418

Conferência Portugal e o Holocausto- Aprender com o Passado, Ensinar para o Futuro

 
Vai realizar-se na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, nos dias 29 e 30 de outubro, a Conferência Portugal e o Holocausto- Aprender com o Passado, Ensinar para o Futuro, promovida pela Embaixada dos Estados Unidos em Portugal, pela Fundação Luso-Americana e pela Fundação Calouste Gulbenkian, a qual conta com o apoio do Ministério da Educação e Ciência.

O programa de dia 29, constituído por Workshops Académicos, visa, fundamentalmente, promover o debate entre investigadores que têm estudado o Holocausto, com destaque para a investigação sobre o papel de Portugal durante este período. O programa de dia 30, essencialmente dedicado ao Ensino do Holocausto, reveste particular interesse para escolas pela relevância do tema nos programas, pela importância do seu ensino e pelo impacto significativo na aprendizagem dos alunos.

A entrada é gratuita, mas condicionada à capacidade das instalações, pelo que os interessados terão de proceder, obrigatoriamente, à sua inscrição, a qual deverá ser feita, até dia 23 de outubro, via online, no sítio:

Neste sítio se encontra, também, o Programa e informação mais detalhada sobre a Conferência.

No caso da participação revestir a forma de visita de estudo todos os professores e alunos envolvidos têm de proceder à sua inscrição.

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Concurso Literário

 
A Trinta Por Uma Linha leva a cabo, no ano letivo 2012/2013, o Concurso Literário - O Clube dos Eco Guerreiros para alunos do 1.º e 2.º Ciclos tendo por objetivos motivar para a leitura e para a escrita, incentivando a participação de escolas e professores; ajudar a refletir e a mudar comportamentos no sentido de promover a preservação e sustentabilidade do planeta.
 
 
Os livros da Trinta Por Uma Linha que sustentam este concurso foram escritos porJoão Manuel Ribeiro e são os seguintes:
 
- O Senhor Péssimo é o Máximo (2012) - Livro / ponto de partida
- Quem do Alto Olhar (2011)
- Raras Aves Raras (2010)
- Gémeos (2009)
 
Cada um destes livros, segundo as características que lhes são específicas, aborda de forma alargada questões ecológicas, ambientais e humanas. Esperamos que a leitura e a escrita que elas inspiram sejam uma aventura pelo prazer de viver e tornar melhor o planeta em que habitamos.


Ver claro

Toda a poesia é luminosa, até
a mais obscura.
O leitor é que tem às vezes,
em lugar de sol, nevoeiro dentro de si
e o nevoeiro nunca deixa ver claro.
Se regressar outra vez e outra vez
e outra vez
a essas sílabas acesas
ficará cego de tanta claridade.
Abençoado seja se lá chegar.

Eugénio de Andrade (2002). Os Sulcos da Sede (3.ª edição). Porto: FEA, p. 17.


Tendo em conta que a poesia condensa recursos estilísticos únicos (rima, ritmo, metáforas, etc.), que capta e expressa a realidade de modo inusitado e que é um género literário com uma beleza singular, deve reconhecer-se-lhe um valor intrínseco, isto é, um valor específico e característico que a distingue de qualquer outro tipo de texto.
Para além do valor intrínseco, a poesia tem também um valor instrumental, numa dupla vertente:
1) lúdico-utilitarista, porquanto possibilita uma educação divertida, é muito importante para desenvolver a memorização, ajuda a criar um bom ambiente de sala de aula e motiva os alunos;
2) educativa, porque desenvolve a compreensão, o sentido estético, a sensibilidade afetiva e relacional, a comunicação oral e escrita, a criatividade e o gosto pela leitura.

ALGUMAS NOTAS
•Um encontro sobre poesia reclama o uso de ferramentas apropriadas para a reflexão, a análise, a experimentação e a possivel partilha. Neste contexto a inscrição inclui os livros: Rimas e Cantarolas, de José António Franco, com ilustrações de Rui Pedro Lourenço e a antologia poética Versos de não sei quê, de vários autores (Pedro Teixeira Neves, João Pedro Mésseder, Maria da Conceição Vicente, Violeta Figueiredo, Álvaro Magalhães e Maria Helena Pires), com ilustração de Gabriela Sotto Mayor.
•A preparação adequada e atempada de um encontro deste tipo reclama a inscrição prévia e obrigatória. Para o fazer, dispensando o papel e outras burocracias, a ficha de inscrição respetiva encontra-se disponível aqui. Basta seguir os diversos passos indicados no formulário. A inscrição só é considerada válida depois de paga, pelo que solicitamos o envio comprovativo para geral@trintaporumalinha.com
•Após pagamento não haverá lugar à devolução da inscrição. Na impossibilidade da presença no encontro, as obras referidas serão remetidas via CTT para a morada do inscrito;
•No final do encontro serão entregues Certificados de Presença.
•Para mais informações, agradecemos o contacto para 22 099 69 74 ou 92 40 85 924 ou por correio eletrónico.

III Jornadas das Bibliotecas da Maia

 

As III Jornadas das Bibliotecas da Maia, sob o tema Livro arbítrio: direito a escolher leituras, decorrem nos dias 18 (início às 14h30m) e 19 de Outubro, no Fórum da Maia.

O objetivo central destas Jornadas mantém-se o mesmo que nos levou a organizar a 1ª edição em 2010:
Proporcionar um fórum de reflexão e debate de qualidade aos profissionais que procuram desenvolver ambientes favoráveis à promoção do gosto e interesse pela(s) leitura(s) junto dos públicos infantil e juvenil.
 
Pela 1ª vez, conseguimos juntar sessões teóricas e um conjunto de workshops que trazem as Jornadas para outro patamar de interesse.
 
Contamos com uma presença significativa de estudantes do ensino superior, professores bibliotecários, professores das mais diversas áreas científicas e bibliotecários ligados à promoção da leitura.

Inscrições aqui

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

EVTux - Uma ferramenta para Ed. Visual e Ed. Tecnológica

O que é o evtux?
O evtux é uma distribuição de Linux que tem por base o trabalho de investigação que desenvolvemos sobre a integração de ferramentas digitais na disciplina de Educação Visual e Tecnológica. Após quinze meses de estudo e desenvolvimento do projeto, recensearam-se quase quatrocentas ferramentas digitais passíveis de integração em contexto de Educação Visual e Tecnológica. O evtux tem pré instaladas todas as aplicações para Linux bem como integradas no browser as ferramentas digitais que não necessitam de instalação e correm diretamente a partir da Web, para além dos mais de trezentos manuais de apoio à utilização dessas ferramentas.
 
Quem criou o evtux?
Os autores do conceito são José Alberto Rodrigues e António Moreira, da Universidade de Aveiro. Quanto à componente técnica e de compilação desta distribuição, esse tarefa foi cumprida pelo Nelson Gonçalves do OpenLAB da Escola Superior de Educação de Viseu. Já o logótipo do evtux, o mesmo foi uma criação de Gil Maia e Sara Botelho da Escola Superior de Educação do Porto.
 
Quem apoia o evtux?
O evtux teve o apoio institucional da Universidade de Aveiro e do CIDTFF – Centro de Investigação em Didáctica e Tecnologia na Formação de Formadores desta instituição, enquanto projecto lá desenvolvido. Da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, enquanto decorrente de um projecto financiado pela fundação (SFRH/BD/66530/2009). Na sua componente técnica e pedagógica teve o apoio da APEVT, AEL, OpenLAB e ESE de Viseu. Para a distribuição do evtux contamos com o apoio da Universidade de Aveiro e do Ministério da Educação através DGIDC na Equipa da ERTE/PTE.
 
 
(Clique na Imagem para aceder ao manual do EVTux)
 
 
Estas e muitas outras informações, bem como o link para descarregar, no blog associado a esta ferramenta, em  http://evtux.wordpress.com/

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Conferência e visita ao Património


O Clube Unesco da Maia, no âmbito das Jornadas Europeias de Património, em estreita ligação com a Junta de Freguesia de Moreira e a Câmara Municipal da Maia, apresenta-nos esta acção para amanhã, sexta-feira, 28 de Setembro.

Do programa consta:

- uma visita ao Mosteiro de S. Salvador de Moreira às 17:30, seguida de uma visita à quinta, pela visão de Eça de Queirós, conduzida pelo Prof. Dr. José Esteves Rei.

- uma conferência sobre Notáveis da Maia dedicada ao conselheiro Luís de Magalhães - escritor e político, proferida pela Drª Lourdes Graça Cunha e Silva, que decorrerá na Junta de Freguesia de Moreira pelas 18:30.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Biblioteca Digital da DGIDC

A DGIDC, consciente da necessidade de divulgar e tornar acessíveis à comunidade educativa e ao público em geral, o conteúdo das suas publicações, tem desenvolvido um conjunto de ações para disponibilizar, em modo digital, o conteúdo de algumas das suas coleções, cuja pesquisa e consulta está acessível através do seu catálogo informatizado. A Biblioteca Digital é composta essencialmente pelos recursos editados pela DGIDC e pelas Direções-Gerais que a antecederam, e tem como principal objetivo a disponibilização de obras integrais, para leitura gratuita.

Visita, consulta, lê!...                   Entra aqui

Cadernos pedagógicos de Educação Rodoviária

Sobre a temática da Educação Rodoviária, foram elaborados no âmbito da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) materiais de apoio ao desenvolvimento da atividade educativa nas escolas, subordinados aos temas: Peão, Passageiro e Condutor.




Relativamente a cada tema, os materiais incluem uma apresentação em powerpoint e propostas de atividades.


Estes materiais estão disponíveis nos seguintes endereços:


PEÃO: Cadernos Pedagógicos de apoio à Educação Rodoviária Cadernos Pedagógicos de apoio à Educação Rodoviária   PASSAGEIRO: Cadernos Pedagógicos de apoio à Educação Rodoviária Cadernos Pedagógicos de apoio à Educação Rodoviária Cadernos Pedagógicos de apoio à Educação Rodoviária   CONDUTOR: Cadernos Pedagógicos de apoio à Educação Rodoviária

A Segurança Rodoviária no Regresso à Escola

O nosso agrupamento é uma escola de referência no âmbito do projecto da Segurança Rodoviária.
Fica aqui alguma informação no sentido de este ser um início de Ano Seguro.
 



segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Lançamento do livro "Mar" no próximo sábado


29 setembro (sábado) às 16h 00 no Norte Shopping.



Ricardo Henriques e André Letria na apresentação de "MAR"
 
Um livro sobre o mar para crianças com idades compreendidas entre a maré baixa e a maré alta. Tem textos marítimos e ilustrações aquosas, da autoria de Ricardo Henriques e de André Letria. Tem ainda atividades para crianças com energia e pais com muita areia na camioneta. O lançamento desta obra conta com a presença dos autores e muitas surpresas, que podem incluir sereias ou piratas.

PARTICIPA!

VI Conferência Internacional do PNL

Nos próximos dias 2 e 3 de Outubro irá realizar-se a VI Conferência Internacional do PNL, subordinada ao tema Aprender a ler.

Aqui fica o programa para vossa consulta.



PROGRAMA
 

2 outubro
 

9h30 | Receção aos participantes

10h00 | Sessão de Abertura

Secretária de Estado do Ensino Básico e Secundário (Isabel Leite)

Fundação Calouste Gulbenkian (Rui Vieira Nery)

Diretor-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas (José Manuel Cortês)

Comissário do PNL (Fernando Pinto do Amaral)

Coordenadora da RBE (Teresa Calçada)

10h30 | Conferência

How knowledge about skilled reading can help understand reading acquisition

Jonathan Grainger, CNRS

Presidência e comentários: José Junça Morais (Universidade Livre de Bruxelas)

11h15 | Pausa

11h30 | Painel

«Aprender melhor a ler / Aprender a ler melhor»

Adriana Baptista (ESE do Porto)

Cristina Carvalho (Universidade de Évora)

Iolanda Ribeiro (Universidade do Minho)

Miguel Palha e equipa (projeto "Diferenças")

Moderação: Ana Bela Martins (RBE)

12h40 | Apresentação do Livro Perdida de Riso

(MEC-DGE/ apoio CERCICA e Câmara Municipal de Cascais)

13h00 | Almoço

14h30 | Painel

«Leitura, cânone e metas curriculares»

Helena Carvalão Buescu (Universidade de Lisboa / CEC)

José Carlos Seabra Pereira (Universidade de Coimbra)

José Junça Morais (Universidade Livre de Bruxelas)

Teolinda Gersão (Universidade Nova de Lisboa / escritora)

Moderação: Fernando Pinto do Amaral (PNL)

16h00 | Painel

«Leitura e comunicação social»

Carlos Vaz Marques (TSF - Rádio)

João Pombeiro (revista LER)

José Carlos de Vasconcelos (JL)

Moderação: Teresa Calçada (RBE)

17h00 | Leitura e boas práticas / Novos projetos do PNL

«Dormir + para Ler melhor»

Teresa Paiva (Centro de Estudos do Sono da Faculdade de Medicina de Lisboa)

Helena Rebelo Pinto (CENCI)

Paula Luís (PNL)

Projeto «Ler+ Jovem»Fernando Leopoldina Viana (Universidade do Minho)

Filomena Cravo (PNL)

17h30 | Fim dos trabalhos

 

3 de outubro


10h00 | Painel

«Promoção da leitura, sucesso escolar e inclusão social»

Carina Infante do Carmo (Universidade do Algarve)

Cristina Paiva (mediadora de leitura)

Diogo Simões Pereira (EPIS - empresários para a Inclusão Social)

Lina Duarte (Professora-Bibliotecária da Esc. Secundária José Relvas)

Moderação: Helena Duque (CIBE, Coimbra)

11h15 | Pausa

11h30 | Conferência

«Compreensão de enunciados de problemas verbais de Matemática»

Deolinda Correia (Esc. Sec. Vieira de Leiria, doutoranda em Linguística)

Presidência e comentários: Fernando Pinto do Amaral (PNL)

12h00 | Conferência

SAR Princesa Laurentian da Holanda (Fundação “Lezen & Schrijven”)

Stefan Leliveld - (Fundação “Lezen & Schrijven”)

Presidência e comentários:

Isabel Alçada (escritora)

12h30 | Sessão de encerramento

Ministro da Educação e Ciência (Nuno Crato)

SAR Laurentian da Holanda (Fundação “Lezen & Schrijven”)

Diretor-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas (José Manuel Cortês)

Comissário do PNL (Fernando Pinto do Amaral)

Coordenadora da RBE (Teresa Calçada)

13h00 | Fim dos trabalhos

Saúde Oral na Biblioteca Escolar

Todas as informações sobre o projeto SOBE - Saúde Oral Bibliotecas Escolares, estão disponíveis no portal RBE e no SOBE.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

O Novo Estatuto do Aluno

O novo Estatuto do Aluno traz novidades em relação ao uso de equipamentos eletrónicos e da internet na escola. Aqui vai um extrato...

Deveres do alunos

“r) Não utilizar quaisquer equipamentos tecnológicos, designadamente, telemóveis, equipamentos, programas ou aplicações informáticas, nos locais onde decorram aulas ou outras atividades formativas ou reuniões de órgãos ou estruturas da escola em que participe, exceto quando a utilização de qualquer dos meios acima referidos esteja diretamente relacionada com as atividades a desenvolver e seja expressamente autorizada pelo professor ou pelo responsável pela direção ou supervisão dos trabalhos ou atividades em curso;


s) Não captar sons ou imagens, designadamente, de atividades letivas e não letivas, sem autorização prévia dos professores, dos responsáveis pela direção da escola ou supervisão dos trabalhos ou atividades em curso, bem como, quando for o caso, de qualquer membro da comunidade escolar ou educativa cuja imagem possa, ainda que involuntariamente, ficar registada;


t) Não difundir, na escola ou fora dela, nomeadamente, via Internet ou através de outros meios de comunicação, sons ou imagens captados nos momentos letivos e não letivos, sem autorização do diretor da escola;


u) Respeitar os direitos de autor e de propriedade intelectual;(…)”
Consulta o documento na integra: Decreto de lei n.º51/2012 de 5 de setembro


sexta-feira, 8 de junho de 2012

Segurança na Internet

Vejamos um pouco do que tem sido feito pelo país ao nível da promoção da segurança na internet.



Na nossa biblioteca temos uma exposição permanente das tiras BD da SeguraNet, bem como a projeção das mesmas em momentos do ano letivo em que não há exposições a recorrer ao sistema de projeção.

terça-feira, 5 de junho de 2012

Dia Mundial do Ambiente

"O Dia Mundial do Ambiente é celebrado a 5 de junho, foi criado pela Assembleia Geral das Nações Unidas na resolução (XXVII) de 15 de dezembro de 1972 com a qual foi aberta a Conferência de Estocolmo, na Suécia, cujo tema central foi o Ambiente Humano." (fonte: Wikipédia)

Neste dia em que se celebra o ambiente e se promovem e assinalam ações positivas de proteção e preservação do ambiente aqui ficam alguns exemplos  do que é feito em prol do ambiente na nossa escola.
- Horta/jardim pedagógico;
- Compostagem, no espaço da horta pedagógica;
- Recolha de óleo alimentar usado;
- Recolha/separação de tampinhas para reciclagem;
- Recolha de manuais escolares para reutilização em anos subsequentes;
- entre outros...


A biodiversidade da nossa escola - fotos de Patrícia Stanton (8ºE)
Para celebrar este dia será projetada, na BE, uma coleção de fotografias da aluna Patrícia Stanton da turma E do 8º ano sob a temática da biodiversidade na nossa escola.

Convidamos todos a visitar-nos e deleitar-se com um visão da escola que talvez nos surpreenda!

II Feira Medieval de Moreira

Aqui ficam alguns vídeos da edição deste ano...




...um dos momentos de animação no terreiro da feira - Cantigas de Amigo e Amor...




...e um espetáculo de fogo!


Parabéns a todos os alunos, funcionários e professores que se envolveram nesta grande atividade, dando muito de si, neste longo fim de semana de festa/trabalho!

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Dia Mundial da Criança

Hoje, dia 1 de Junho, celebra-se o Dia Mundial da Criança em Portugal.

O nosso agrupamento celebra este dia com a abertura da II Feira Medieval.

Aqui fica um pouco da história por detrás deste dia.

"O Dia Mundial da Criança é oficialmente o dia 20 de Novembro e é reconhecido pela ONU como Dia Universal das Crianças por ser a data em que foi aprovada a Declaração dos Direitos da Criança. No entanto, a data efectiva da comemoração varia de país para país..."

"... Foi em 1954 que a Assembleia-Geral das Nações Unidas instituiu oficialmente o DIA DA CRIANÇA e confiou à UNICEF a responsabilidade de o promover em todo o mundo, tendo como objectivo - Divertir as crianças no quadro de manifestações e actividades organizadas em sua honra, e também sensibilizar a opinião pública para as suas necessidades e direitos, não apenas das que nos são mais próximas mas de todas as crianças do mundo."*

* Fonte: http://www.unicef.pt/artigo.php?mid=18101111&m=2

Homenagem ao Dr. Vieira de Carvalho, patrono do nosso agrupamento




Hoje, em celebração do 10º aniversário da morte do Dr. Vieira de Carvalho,terá lugar uma romagem ao Cemitério Paroquial da Vila de Moreira, pelas 17:30, seguida de uma missa no Mosteiro de S. Salvador de Moreira às 18:00, organizadas pela Santa Casa da Misericórdia da Maia, em colaboração com a família.
No próximo domingo, 3 de Junho, pelas 15:00 haverá uma palestra, sendo orador Prof. Dr Salvato Trigo (Reitor da Universidade Fernando Pessoa), no edifício sede da Junta de Freguesia da Vila de Moreira.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

II Feira Medieval - Moreira da Maia

Inicia-se sexta-feira, dia 1 de Junho, pelas 20:00h a 2.ª edição da Feira Medieval de Moreira da Maia. Organizada por professores e alunos do Agrupamento Vertical de Escolas Dr. Vieira de Carvalho, conta com o apoio da Junta de Freguesia da Vila de Moreira e decorrerá no Parque “Brincar no Bosque” situado ao lado da sede da Junta de Freguesia e Centro de Saúde. A feira decorrerá no dia de abertura até às 23:00h, no Sábado, dia 2, das 15:00 às 23:00h e no Domingo, dia 3, das 13:00 às 19:00h.

Do programa do evento fazem parte: espectáculos de fogo, torneios a cavalo, danças e tocadores medievais, trovadores, saltimbancos e bobos, jogos medievais, chás árabes e dança do ventre, entre outros. O espaço contará com a presença de artesãos com as suas bancas de venda e tabernas com os genuínos petiscos próprios da época…porco no espeto, grelhados na brasa e outros, acompanhados do bom vinho das terras do Lidador da Maia.

A comunidade educativa de Moreira da Maia convida todos quantos queiram participar nesta viagem ao passado, a estarem presentes neste evento.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Exposição Planeta Cor de Água


Estará patente na BE até ao final da próxima semana a exposição Planeta Cor de Água, sob a temática da água. Esta exposição é constituída por alguns posters/cartazes e por um pequeno filme alusivo ao tema.
Será visitada por todas as turmas, acompanhadas pelos respetivos docentes, conforme calendarização já distribuída pelos mesmos.

Encontro com Luísa Ducla Soares na EB1/JI da Guarda

Ontem a escritora Luísa Ducla Soares esteve presente na escola EB1/JI da Guarda para um encontro com os alunos. A escola estava decorada com trabalhos realizados pelos alunos na sequência da exploração, em sala de aula, de algumas das obras desta autora.



A autora foi também presenteada com um livro produzido pelos alunos, onde paralelamente ao texto original surgem textos dos alunos.


Os alunos que compraram livros desta autora foram ainda presenteados com a possibilidade de obter um autógrafo no seu livro.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Campanha "Papel por Alimentos" - Banco Alimentar

O Banco alimentar lançou uma campanha de recolha de papel a fim de o converter em alimentos para distribuir pelos cidadão mais necessitados do nosso país.


Para mais pormenores segue o link abaixo.
Campanha "Papel por Alimentos" - Banco Alimentar


Encontro com Luísa Ducla Soares na EB1/JI da Guarda

Hoje, pelas 15h teremos a visita de Luísa Ducla Soares à EB1/JI da Guarda para um encontro com os alunos deste estabelecimento de ensino.


Aqui fica uma pequena biografia da autora.



Nasceu em Lisboa a 20 de julho de 1939 e licenciou-se em Filologia Germânica. Iniciou a sua atividade profissional como tradutora, consultora literária e jornalista, tendo sido direcora da revista de divulgação cultural " Vida " ( 1971-2). Colaboradora de diversos jornais e revistas, estreou-se com um livro de poemas, " Contrato", em 1970. Foi adjunta do Gabinete do Ministro da Educação ( 1976-8 ). Trabalha desde 1979 na Biblioteca Nacional onde iniciou a sua atividade realizando uma bibliografia de literatura para crianças e jovens em Portugal. Aí organizou numerosas exposições, sendo atualmente assessora desta instituição e responsável pela Área de Informação Bibliográfica. Orientando-se preferencialmente para a literatura destinada a crianças e jovens, publicou mais de 80 obras. É socia fundadora do Instituto de Apoio à Criança. Tem escrito guiões televisivos e preparou diversos sites de internet, nomeadamente os da Presidência da República durante o mandato de Jorge Sampaio. Tem elaborado para o Instituto Português do Livro e das Bibliotecas , para o Ministério da Educação e Fundação Gulbenkian diversas publicações seletivas da literatura infantil nacional e internacional. Vários poemas seus foram musicados, tendo sido editado em 1999 um CD com letras exclusivamente de sua autoria musicados por Susana Ralha. Intitula-se 25 por ser constituído por 25 canções e se integrar na comemoração dos 25 anos da Revolução de 25 de abril. Junto de escolas e bibliotecas desenvolve regularmente ações de incentivo à leitura. Participa frequentemente em colóquios e encontros, apresentando conferências e comunicações sobre problemática relacionada com os jovens e a leitura e sobre literatura para os mais novos. Recusou, por motivos políticos, o Grande prémio de Literatura Infantil que o SNI pretendeu atribuir-lhe pelo livro " História da Papoila " em 1973. Recebeu o Prémio Calouste Gulbenkian para o melhor livro do biénio 1984-5 por " 6 Histórias de Encantar" e foi galardoada com o Grande Prémio Calouste Gulbenkian pelo conjunto da sua obra em 1996. Em 2004 foi selecionada como candidata portuguesa ao Prémio Hans Christian Andersen.


Algumas obras da autora:
Contrato (poesia), 1970
A História da Papoila, prosa (Infanto-Juvenil), 1973; 1977
Maria Papoila, prosa (Infanto-Juvenil), 1973; 2002
O Urso e a Formiga, prosa (Infanto-Juvenil), 1973; 2002
O Dr. Lauro e o Dinossauro, prosa (Infanto-Juvenil), 1973; 1988
O Soldado João, prosa (Infanto-Juvenil), 1973; 2002
O Ratinho Marinheiro, (poesia para a infância), 1973; 2001
O Gato e o Rato, prosa (Infanto-Juvenil), 1973; 1977
Oito Histórias Infantis, prosa (Infanto-Juvenil), 1975
O Meio Galo e Outras Histórias, prosa (Infanto-Juvenil), 1976;2001
Mais Lengalengas (recolhas), Livros Horizonte, 2007
Desejo de Natal (Infanto-Juvenil), Civilização, 2007
Há Sempre uma Estrela no Natal, contos (Infanto-Juvenil), Civilização, 2006

segunda-feira, 21 de maio de 2012

E assim aconteceu o encontro com Valter Hugo Mãe

Aqui ficam algumas imagens daquela que foi a 5ª edição do projeto LS2 - Leituras Sentidos e Saberes, este ano dedicado ao presente Valter Hugo Mãe.

Parabéns a todos os que participaram, promovendo assim uma maravilhosa Festa da Leitura!...

Valter Hugo Mãe, em palco, foi alvo de uma enorme ovação.
 Aqui fica um vídeo e algumas imagens desta que foi uma grande Festa do Livro e da Leitura!

video


E aqui temos algumas imagens da exposição, de trabalhos dos alunos dos diversos agrupamentos do concelho, que se encontra patente na Biblioteca Municipal.




Sempre com a presença bem disposta de Valter Hugo Mãe.